Todos os Fóruns
 Assuntos gerais sobre Passos
 
 Versão para Impressão  
Autor Tópico Anterior Tópico Próximo Tópico  
admin
Webmaster


124 Mensagens
Enviado em  -  30/09/2006 : 14:34:50 Apagar Tópico
Dia primeiro de outubro.

Amanha, 1º de outubro, iremos até as urnas escolhermos os novos funcionários públicos que trabalharão para nós nos próximos anos.

Não vamos simplesmente escolher deputados, governadores, etc., são sim, funcionários públicos, nossos empregados. Se pensarmos assim, ficará mais fácil sabermos quais critérios deveremos usar na hora de escolher entre os que se oferecem para ocupar as vagas.

Quando em nossas empresas ou em nossas casas precisamos escolher um novo funcionário, o que fazemos? Procuramos informações, referências, verificamos se o candidato é qualificado. Estes mesmos cuidados deveríamos usar amanha, dia das eleições.

A campanha eleitoral é o processo de admissão, nessa hora devemos entrevistar os candidatos, analisar o “curriculum vitae”, verificar se as informações fornecidas são verdadeiras.

Com a Internet é fácil obtermos informações sobre estes candidatos.

Por exemplo, um dos que se oferecem a trabalhar para nós, apesar de todos sabermos que se trata de um fazendeiro, ou pelo menos, já se apregoou assim, afinal já foi ate dirigente de cooperativa de produtores rurais, declara bens no total de R$ 36.625,00, o valor de um carro médio. Podemos acreditar nisso? Será que esse candidato então não possui bens em seu nome? Por que motivo ele faria isso? Será que essa informação não é verdadeira então? Ele mentiu?
Outros tem declarado R$ 0,00 de patrimônio. Isso tá errado, não é possível. Ou é erro de informação nos sites, ou desprezo do candidato pela opinião publica ao não informar os valores.
O mesmo candidato dos R$ 36.625,00 declara que no mês de setembro gastou até agora, apenas R$ 2.900,00 com publicidade em carros de som. Mas toda hora passa nas nossas portas um caminhão ou carro deste candidato apregoando o quanto ele já fez pela cidade, e pra isso ele gastou apenas R$ 2.900,00? Como? Esses carros são de militantes? Ele conseguiu uma oferta? Ou esse valor não é o correto? Ele mentiu?
No site
http://perfil.transparencia.org.br da ONG Transparência Brasil você pode consultar informações daqueles que já exerceram algum mandato, como por exemplo o patrimônio declarado, o gasto declarado com a campanha, se o candidato responde a processos na justiça e outras informações. Para aqueles que ainda não exerceram mandatos, uma boa fonte de informações é http://noticias.uol.com.br/fernandorodrigues/politicosdobrasil . Escolha Minas Gerais , você obterá o patrimônio, previsão de gastos, CPF etc Com o CPF do candidato você pode visitar http://www.transparencia.org.br , clicar em MULTBUSCA e efetuar diversas consultas, inclusive se respondem a processos na justiça.

O site Guiapassos se coloca a disposição de nossos candidados a publicar a sua real declaração de bens, de gastos de campanha, relação de doadores e outras informações que o candidato julgar de interesse de seus patrões, o eleitor.

Vamos escolher com cuidado nossos novos funcionários, afinal nós pagamos os salários. Nós somos os patrões.


Vai Para:



Este site foi desenvolvido e é hospedado por:
FaxInfo Ltda